Minha foto
O SENTINELA - Nos adicione em https://www.facebook.com/sentinela.brasil

Seguidores

O projeto Excelências traz informações sobre todos os parlamentares em exercício nas Casas legislativas das esferas federal e estadual, e mais os membros das Câmaras Municipais das capitais brasileiras, num total de 2368 políticos. Os dados são extraídos de fontes públicas (as próprias Casas legislativas, o Tribunal Superior Eleitoral, tribunais estaduais e superiores, tribunais de contas e outras) e de outros projetos mantidos pela Transparência Brasil, como o (financiamento eleitoral) e o (noticiário sobre corrupção).

O projeto disponibiliza espaço para que os políticos retratados apresentem argumentos ou justificativas referentes a informações divulgados no projeto, como noticiário que os envolva, ocorrências na Justiça e Tribunais de Contas, informações patrimoniais e outras. Para providenciar o registro de algum eventual comentário, solicita-se que o político entre em contacto com a Transparência Brasil.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Ex-deputado federal acampa em frente ao Planalto e faz greve de fome

Ex-deputado federal acampa em frente ao Planalto e faz greve de fome para pedir mudança no horário do Acre

Revoltado com veto de Dilma a referendo, ex-parlamentar está há 34 dias na Praça dos Três Poderes

Gustavo Frasão, do R7, em Brasília
João Lima Correia Lima Sobrinho, de 60 anos, está há 33 dias sem comer nada em frente ao Palácio do PlanaltoGustavo Frasão/R7
O ex-deputado federal pelo Acre João Lima Correia Lima Sobrinho, de 60 anos, está há 34 dias em greve de fome na Praça dos Três Poderes, área central de Brasília. Ele luta para que o Estado volte a ter duas horas a menos em relação ao horário de Brasília
Sobrinho, que também é professor de economia pela UFAC (Universidade Federal do Acre), está acampado em frente ao Palácio do Planalto e diz que a presidente da República, Dilma Rousseff, vetou há três anos um referendo para mudança de horário no Estado.   
— O TSE [Tribunal Superior Eleitoral] realizou esse referendo lá no segundo turno das eleições de 2010. Este foi o terceiro referendo da história do Brasil. O primeiro aconteceu no parlamentarismo, com João Goulart; o segundo em 2006 com o desarmamento; e este em 2010 para a mudança de horário lá no Acre.   
Ele disse que apesar da liberdade das pessoas votarem em sim ou não, 57% da população decidiu que não queria o horário que até então era imposto pelo governo federal, de apenas uma hora a menos em relação a Brasília, após lei federal de 2008.
No entanto, após os resultados, a presidente Dilma teria vetado o resultado do referendo após tomar posse do governo, no dia 1º de janeiro de 2011.   
— Lá no Acre é tudo mais cedo e com esse fuso horário, imposto contra a vontade da maioria da população, há três anos as pessoas enfrentam dificuldades para sobreviver no dia-a-dia. Estou aqui representando meu Estado, como cidadão acreano.  
Sobrinho passa o dia sentado embaixo de um guarda-sol e usa banheiros públicos para fazer as necessidades e higiene pessoais. 
À noite, entra na barraca cedida por um sobrinho, que também leva água para ele, e dorme com faixas que sinalizam a insatisfação com o suposto veto da presidente. 
Para ele, esta seria uma atitude de ditadura, uma vez que o referendo é um ato de soberania popular previsto na Constituição Federal de 1988.   
— Ela não tem autoridade legal para vetar o referendo, porque ele é um instituto muito decisivo para ser ignorado desta forma. Ele é maior que todos os poderes e é uma iniciativa da população. Não quero falar com a presidente, quero apenas que ela respeite o que é maior que ela, no caso, este referendo.  
A reportagem do R7 procurou a Presidência da República para comentar o assunto, mas até o momento não recebeu uma resposta.

Nenhum comentário:


I made this widget at MyFlashFetish.com.

Ultimas Postagens

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...