Minha foto
O SENTINELA - Nos adicione em https://www.facebook.com/sentinela.brasil

Seguidores

O projeto Excelências traz informações sobre todos os parlamentares em exercício nas Casas legislativas das esferas federal e estadual, e mais os membros das Câmaras Municipais das capitais brasileiras, num total de 2368 políticos. Os dados são extraídos de fontes públicas (as próprias Casas legislativas, o Tribunal Superior Eleitoral, tribunais estaduais e superiores, tribunais de contas e outras) e de outros projetos mantidos pela Transparência Brasil, como o (financiamento eleitoral) e o (noticiário sobre corrupção).

O projeto disponibiliza espaço para que os políticos retratados apresentem argumentos ou justificativas referentes a informações divulgados no projeto, como noticiário que os envolva, ocorrências na Justiça e Tribunais de Contas, informações patrimoniais e outras. Para providenciar o registro de algum eventual comentário, solicita-se que o político entre em contacto com a Transparência Brasil.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Soldados presos ateiam fogo em cela de quartel do Exército no Paraná


Comandante do B Log fala sobre incêndio
As chamas foram causadas por militares que estavam detidos e que atearam fogo no colchão...

Luiz Carlos Wessler

Na manhã desta sexta-feira (18) o comandante do 15º Batalhão Logistico (B Log), de Cascavel, Tenente Coronel José Alexandre Nascimento Freitas, falou sobre o incêndio causado por soldados do Efetivo Variável.
Ontem (17) a CGN divulgou o fato que aconteceu há poucos dias em uma das celas do B Log.
Segundo o Tenente Coronel, três militares estavam detidos e dois deles foram os responsáveis pelo fogo, que começou no colchão de uma das celas.
De acordo com o comandante, todo processo militar é muito bem estudado e todos que estão respondendo por alguma transgressão tem muitas chances de se defender e ele não entende a atitude dos soldados. Alexandre disse que nunca viu algo assim.
A equipe da CGN teve acesso à cela em que os militares atearam fogo, mas por medida de segurança e a pedido do comando, não foi permitido fazer imagens do local que já está parcialmente reformado, mas ainda cheira fumaça.
Os militares que provocaram o incêndio não ficaram feridos e agora a situação deles só piora, porque além da transgressão disciplinar pela qual respondiam, eles cometeram um crime militar, e se forem expulsos do Exército passarão no mínimo dois anos sem conseguir retirar o comprovante de serviço militar.
CGN

Nenhum comentário:


I made this widget at MyFlashFetish.com.

Ultimas Postagens

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...