Minha foto
O SENTINELA - Nos adicione em https://www.facebook.com/sentinela.brasil

Seguidores

O projeto Excelências traz informações sobre todos os parlamentares em exercício nas Casas legislativas das esferas federal e estadual, e mais os membros das Câmaras Municipais das capitais brasileiras, num total de 2368 políticos. Os dados são extraídos de fontes públicas (as próprias Casas legislativas, o Tribunal Superior Eleitoral, tribunais estaduais e superiores, tribunais de contas e outras) e de outros projetos mantidos pela Transparência Brasil, como o (financiamento eleitoral) e o (noticiário sobre corrupção).

O projeto disponibiliza espaço para que os políticos retratados apresentem argumentos ou justificativas referentes a informações divulgados no projeto, como noticiário que os envolva, ocorrências na Justiça e Tribunais de Contas, informações patrimoniais e outras. Para providenciar o registro de algum eventual comentário, solicita-se que o político entre em contacto com a Transparência Brasil.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Após striptease, soldado pode ser expulso do exército; assista ao vídeo


Comandante disse que tomou todas as medidas disciplinares cabíveis.
Soldado dançou e tirou a roupa durante rodeio em São Joaquim, em SC.


O soldado que tirou a roupa durante um rodeio em São Joaquim, na Serra catarinense, pode ser expulso da corporação. Ele foi preso em flagrante após mostrar o órgão genital em público no evento (veja o vídeo). O homem, de 22 anos, está preso na sede do 10º Batalhão de Engenharia de Construção (BEC), em Lages, também na Serra.
As imagens, gravadas por um cinegrafista amador, mostram o rapaz dançando e rebolando na frente do público. Primeiro, ele tirou a camiseta, depois abriu a calça e, em seguida, pegou o pênis e começou a movimentar o órgão genital na frente das outras pessoas.
Conforme a Polícia Militar, o homem foi preso em flagrante por ato obsceno, desobediência, desacato à autoridade, injúria e resistência à prisão. Ele foi encaminhado para a Central de Polícia do município, que o reconduziu para o Exército.
O 10º BEC abriu uma sindicância para apurar o caso. A entidade destacou que o rapaz não estava em serviço quando aconteceu o fato e que foram tomadas as medidas disciplinares cabíveis. O comandante do batalhão informou que, por enquanto, não irá se pronunciar sobre o assunto, assim como não repassará mais detalhes sobre o tempo de serviço prestado pelo soldado.
Fonte: G1 SC.

Nenhum comentário:


I made this widget at MyFlashFetish.com.

Ultimas Postagens

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...