Minha foto
O SENTINELA - Nos adicione em https://www.facebook.com/sentinela.brasil

Seguidores

O projeto Excelências traz informações sobre todos os parlamentares em exercício nas Casas legislativas das esferas federal e estadual, e mais os membros das Câmaras Municipais das capitais brasileiras, num total de 2368 políticos. Os dados são extraídos de fontes públicas (as próprias Casas legislativas, o Tribunal Superior Eleitoral, tribunais estaduais e superiores, tribunais de contas e outras) e de outros projetos mantidos pela Transparência Brasil, como o (financiamento eleitoral) e o (noticiário sobre corrupção).

O projeto disponibiliza espaço para que os políticos retratados apresentem argumentos ou justificativas referentes a informações divulgados no projeto, como noticiário que os envolva, ocorrências na Justiça e Tribunais de Contas, informações patrimoniais e outras. Para providenciar o registro de algum eventual comentário, solicita-se que o político entre em contacto com a Transparência Brasil.

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Livro Revela Histórias Inéditas do ITA Contadas por Ex-Alunos


Brazilian Space


Estudantes formados pela escola de engenharia mais disputada do país revelam a rotina e a relação afetiva com o instituto

Xandu Alves
São José dos Campos
 
A melhor escola do mundo para quem nela estuda. É assim a definição dos iteanos, os estudantes do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), de São José dos Campos, para a principal escola de engenharia do país.

Mas eles nem sempre concordam entre si, como revela um deles: “Ser iteano é discordar sempre de outro iteano, mesmo que ele concorde com você”.

Aparentemente contraditória, a frase do engenheiro mecânico-aeronáutico Marcelo Dias Ferreira, estudante da turma de 1994 e presidente da AEITA (Associação dos Engenheiros do ITA) desde 2010, mostra bem a complexidade que é a vida de quem passa cinco anos envolvido com o instituto. Esse é o tempo de dedicação dos alunos a um dos sete cursos oferecidos no ITA, cujo vestibular é um dos mais concorridos do país.




Neste ano, 7.285 candidatos se inscreveram para 130 vagas --média de 56 por vaga. Na UNESP (Universidade Estadual Paulista), o curso mais concorrido neste ano foi Medicina, com índice de 56,43 candidatos por vaga.
Criado em 1950, o ITA formou estudantes ilustres, como Ozires Silva, um dos fundadores da Embraer e ex-presidente da Petrobras.
Livro. Para contar toda essa história, mas pela ótica de ex-alunos e professores, a AEITA resolveu editar um livro luxuoso sobre o instituto, em duas partes. A primeira foi lançada em 19 de outubro deste ano, no encontro anual de engenheiros do ITA, em São José.
Com 240 páginas, capa dura e formato grande (21 x 29 cm), o livro “Histórias para contar, amigos para encontrar” traz depoimentos engraçados, inspiradores e reveladores de quem passou pelo ITA e ajudou a construir a história do instituto.
As instalações do complexo em São José acabaram se tornando históricas por terem sido projetados pelo arquiteto Oscar Niemeyer, morto aos 104 anos em 5 de dezembro.
Experiência.“A gente cria uma relação afetiva com o ITA. Todos temos orgulho de ter estudado lá”, afirmou Ferreira. “Essa é a melhor escola de engenharia do mundo, pelo menos para os iteanos.”
No livro, um desses apaixonados pelo instituto é o engenheiro e professor Newton Soler Saintive, 84 anos, único remanescente da primeira turma de iteanos.
Ainda na ativa, lecionando em uma escola formadora de técnicos de aeronáutica de São Paulo, Saintive se mostrou surpreso com a evolução do ITA através das décadas.
“Nunca imaginei que alcançaria o estágio atual e que engenheiros do ITA fossem a base da Embraer, que enche de orgulho todos os brasileiros.”
Namoro ou Amizade? Há histórias engraçadas, como a do iteano Wilson Ruiz, da turma de 1952, que se encantou com a filha do professor Lacaz e resolveu pedi-la em namoro. Detalhe: ele tinha 24 anos e a moça, apenas 13.
Os encontros tinham que ser escondidos até que Ruiz encontrou coragem para fazer o pedido de noivado. As intenções do estudante eram tão sérias, que o casamento deles já dura 55 anos.
O livro, que pode ser baixado gratuitamente no site da AEITA (www.aeita.com.br), ainda traz histórias de fantasmas, de alunos com insônia, de trote em veteranos e do golpe militar no Brasil.
"Estudar no ITA é motivo de orgulho"Entrevista com Marcelo Ferreira, presidente da AEITA
Como surgiu a ideia de produzir o livro sobre o ITA?
Começou em 2009, ano em que publicamos pela última vez um catálogo de referência de contato de ex-alunos, que saía a cada dois anos. Mas ele foi interrompido por falta de dinheiro. Assumi a Presidência da AEITA (Associação dos Engenheiros do ITA) em 2010 com a proposta de lançar um livro sobre a escola, com um formato moderno.
Vocês tentaram financiar a obra pela Lei Rouanet?
Sim. Estruturamos o projeto e aprovamos Ministério da Cultura, em 2011, mas não conseguimos captar nenhum centavo. Foi a maior frustração do primeiro mandato. Fui reeleito em 2012 e continuei com a ideia do livro.
Como ele foi concretizado?
Resolvemos fazer com dinheiro próprio. Dividimos o projeto em dois. O primeiro livro aborda a história do ITA de 1950 a 79 e o segundo, que será lançado em outubro de 2013, até os nossos dias. Por causa do custo, só pudemos publicar 2.500 exemplares, que foram enviados para os sócios da AEITA, escolas, bibliotecas e instituições. A nossa vontade é de ampliar essa tiragem.
O que traz o livro?
Histórias de ex-alunos que valem a pena ser contadas. Elas interessam muito a quem estudou no ITA, mas também a pessoas que gostam de boas histórias, sejam elas engraçadas, emocionantes ou históricas. Muita gente importante passou pelo ITA.
Essas histórias mostram um outro lado do ITA?
Sim. Muitas delas são bem interessantes para quem é de fora, para ver que não somos um bando de nerds que passa o dia inteiro estudando. Somos pessoas normais iguais a todo mundo.
Como foi o lançamento?
Foi na festa anual dos ex-alunos do ITA, em 19 de outubro deste ano, quando temos o tradicional evento "Sábado das origens". O livro foi produzido em seis meses pela jornalista Ana Paula Soares, assessora de imprensa da AEITA.
É diferente estudar no ITA?
O ITA tem uma importância nacional. Para nós, é a melhor escola de engenharia do mundo. Todos têm orgulho de ter estudado lá.

Nenhum comentário:


I made this widget at MyFlashFetish.com.

Ultimas Postagens

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...