Minha foto
O SENTINELA - Nos adicione em https://www.facebook.com/sentinela.brasil

Seguidores

O projeto Excelências traz informações sobre todos os parlamentares em exercício nas Casas legislativas das esferas federal e estadual, e mais os membros das Câmaras Municipais das capitais brasileiras, num total de 2368 políticos. Os dados são extraídos de fontes públicas (as próprias Casas legislativas, o Tribunal Superior Eleitoral, tribunais estaduais e superiores, tribunais de contas e outras) e de outros projetos mantidos pela Transparência Brasil, como o (financiamento eleitoral) e o (noticiário sobre corrupção).

O projeto disponibiliza espaço para que os políticos retratados apresentem argumentos ou justificativas referentes a informações divulgados no projeto, como noticiário que os envolva, ocorrências na Justiça e Tribunais de Contas, informações patrimoniais e outras. Para providenciar o registro de algum eventual comentário, solicita-se que o político entre em contacto com a Transparência Brasil.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Brasileiros "furtam" documentos confidenciais referentes aos Jogos de Londres



O Comitê Organizador dos Jogos de 2016, no Rio de Janeiro, confirmou nesta sexta-feira que funcionários da instituição pegaram, sem autorização, documentos confidenciais referentes aos Jogos de Londres. Durante o evento, o Co-Rio enviou integrantes à capital britânica com o objetivo de acumular conhecimento para a próxima edição dos Jogos. Eles foram recebidos pelo Comitê Organizador local e tiveram acesso a documentos estratégicos, mas não tinham autorização para fazer o download.

Quando o sistema acusou a retirada dos arquivos, as autoridades londrinas entraram em contato com as brasileiras. Os arquivos foram devolvidos, e os funcionários - em número não divulgado pelo Co-Rio - foram desligados.


- O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 confirma que alguns de seus funcionários (...) baixaram arquivos do LOCOG sem autorização, atitude contrária aos princípios que regiam a confiança mútua entre as duas organizações. Os envolvidos foram identificados e as lideranças do Rio 2016 e do LOCOG agiram de forma conjunta, coordenada e rápida para reparar a situação. Todos os arquivos foram recuperados e devolvidos e os funcionários foram desligados do Rio 2016 - diz a nota oficial divulgada pelo Comitê do Rio no início da tarde desta sexta-feira.

A informação foi divulgada na noite de quinta no blog do jornalista Juca Kfouri, no "UOL". Na manhã de sexta, a porta-voz de Londres 2012, Jackie Brock-Doyle, confirmou a denúncia.

- Posso confirmar que houve um incidente envolvendo integrantes do Rio que acessaram e retiraram arquivos sem permissão. Nós comunicamos o ocorrido à organização do Rio. Eles agiram rápido para resolver a questão e devolveram os documentos - afirmou a porta-voz.

Confira a íntegra da nota oficial do Comitê Organizador do Rio:

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 confirma que alguns de seus funcionários que, em razão de parceria entre as duas organizações, prestavam serviços ao Comitê Organizador dos Jogos Londres 2012 (LOCOG, na sigla em inglês), baixaram arquivos do LOCOG sem autorização, atitude contrária aos princípios que regiam a confiança mútua entre as duas organizações. Os envolvidos foram identificados e as lideranças do Rio 2016 e do LOCOG agiram de forma conjunta, coordenada e rápida para reparar a situação. Todos os arquivos foram recuperados e devolvidos e os funcionários foram desligados do Rio 2016.

O Rio 2016 contou com cerca de 200 representantes em Londres por ocasião dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos deste ano e entende que esse foi um caso isolado.

Toda a atuação do Rio 2016 é pautada pelos princípios da ética, responsabilidade e transparência.

Nenhum comentário:


I made this widget at MyFlashFetish.com.

Ultimas Postagens

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...