Minha foto
O SENTINELA - Nos adicione em https://www.facebook.com/sentinela.brasil

Seguidores

O projeto Excelências traz informações sobre todos os parlamentares em exercício nas Casas legislativas das esferas federal e estadual, e mais os membros das Câmaras Municipais das capitais brasileiras, num total de 2368 políticos. Os dados são extraídos de fontes públicas (as próprias Casas legislativas, o Tribunal Superior Eleitoral, tribunais estaduais e superiores, tribunais de contas e outras) e de outros projetos mantidos pela Transparência Brasil, como o (financiamento eleitoral) e o (noticiário sobre corrupção).

O projeto disponibiliza espaço para que os políticos retratados apresentem argumentos ou justificativas referentes a informações divulgados no projeto, como noticiário que os envolva, ocorrências na Justiça e Tribunais de Contas, informações patrimoniais e outras. Para providenciar o registro de algum eventual comentário, solicita-se que o político entre em contacto com a Transparência Brasil.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Planalto ainda avalia percentual de reajuste dos militares




O Palácio do Planalto está fazendo os últimos acertos com os Ministérios da Fazenda e da Defesa para definir o porcentual do reajuste a ser dado aos militares. Nas últimas negociações ficou decidido que aumento não será inferior a 27,5%. Os militares esperam chegar aos 30%, em três parcelas para os próximos três anos.
O principal impasse com a Fazenda, neste momento, é em relação ao valor da primeira parcela. Os militares não querem reajuste divido por três por entender que estão com os salários muito defasados - e pedem um v alor maior na primeira parcela. O impacto estimado na folha de pagamentos é de cerca de R$ 10 bilhões, ao final dos três anos.


A presidente Dilma Rousseff já sinalizou que está disposta a dar um aumento maior do que o prometido aos civis. A Polícia Federal também poderá ser beneficiada com um reajuste bem acima dos 15,8% oferecido como média aos demais servidores. Em tabela comparativa apresentada pelos militares, mostrando os aumentos que oito carreiras de Estado tiveram de dezembro de 2002 a julho de 2010, os militares ficaram com 85,29% - a menor parcela, seguidos pelos 95,15% da Polícia Federal. Na ponta de cima, procuradores federais e os advogados da União foram contemplados com 212,34% e os diplomatas 202,54%. Uma das maiores dificuldades de concessão de reajuste para os militares é o peso da folha - que soma, entre ativa e reserva, 500 mil pessoas. O orçamento do Ministério da Defesa para 2012 é de R$ 64,794 bilhões. Desse total, 69,9%, vão para pagamento de pessoal e encargos. Dos cerca de R$ 45,3 bilhões destinados só a pessoal, R$ 28,5 bilhões representam o pagamento de inativos e pensionistas.

TÂNIA MONTEIRO

Um comentário:

Anônimo disse...

MAIS UMA VEZ UM CALA BOCA PARA OS MILICOS QUE VERGONHA HEIM! NO MINIMO 50% SERIA O MAIS JUSTO POR TUDO QUE SOMOS IMPOSTOS A CADA DIA EM NOSSAS CASAS DE TRABALHO ONDE NOS RESPONSABILIZAMOS PELO MATERIAL DA UNIÃO E SOMOS SACRIFICADOS EM NOSSOS SERVIÇOS DE QUARTO, PENA QUE ISSO TUDO FICA CAMUFLADO E NINGUEM SABE DAS NOSSAS RESPONSABILIDADES E AGORA UM AUMENTO DE MAIS OU MENOS 28 % A SER DIVIDIDO EM 3 ANOS NAO VAI MUDAR NADA CONTINUAREMOS A FAZER EMPRÉSTIMOS E SE AFUNDAR CADA VEZ MAIS NO CARTÃO DE CREDITO POR NAO TER COMO PAGAR NEM ALMOÇO QUANTO MAIS A JANTA, ROUPA, COLEGIO, QUEM SABE O IPVA DO CARRO VELHO SO ME RESTA RIR DA NOSSA SITUAÇÃO JA QUE A FAMILIA CHORA QUANDO VEM AS CONTAS.


I made this widget at MyFlashFetish.com.

Ultimas Postagens

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...